- Curso Livre "A TELA QUE PENSA:  Filosofia, Cinema e Excesso" Cine Joia (Copacabana, Rio de Janeiro - RJ), dias 11, 18, 25 de janeiro e 1 de fevereiro de 2016.

Mostrar Mais

O cinema tem o poder de exprimir o que não cabe na linguagem ou em estados de coisas, de nos fazer experimentar outras durações e tocar na vitalidade do mundo para além dos nossos interesses habituais. Eis a face invisível da imagem, apreendida mais do que percebida, que dá ao todo do filme seu sentido e seu encantamento. Exploraremos obras de David Lean, Ettore Scola, Herzog, Tarkovski, Visconti e Michael Cacoyannis, as quais ganham seu valor e conquistam estéticas singulares justamente por resistir à mera descrição de fatos, conectando o cinema à inatualidade da vida.

AULA 3

O cinema como escultor do tempo

(em Andrei Tarkovski)

 

AULA 4

A vida inorgânica das coisas

(em Werner Herzog)

AULA 1

O fato e o acontecimento

(em David Lean e Ettore Scola)

 

AULA 2

Personagens anômalos desencadeando devires (em Luchino Visconti e Michael Cacoyannis)

  • Facebook
  • YouTube
  • Instagram
  • Twitter

© 2019 por Filosofia & Arte Produções Culturais