Um convite a todos que querem se aventurar no universo filosófico pelas mãos de Nietzsche, Bergson e Deleuze.
Para resistir aos hábitos, à baixeza, às previsibilidades orgânicas, sociais ou pessoais, há um exercício de potencialização da existência: o encontro com as artes e a filosofia. O êxtase experimentado por conceitos ou sensações pede a construção de um novo corpo, pelo qual é possível alcançar outros aspectos da vida, do pensamento e da natureza, a saber, o que eles guardam de potencialidades infinitas. O minicurso apresentará diversas expressões artísticas (música, escultura, pintura, etc) para se compor com os temas filosóficos.